sábado, 3 de agosto de 2013

Projeto prevê plebiscito sobre a construção de aquário milionário em Fortaleza

A Câmara de Fortaleza deverá votar a proposta de plebiscito para consultar a população sobre a continuidade da construção do Acquario Ceará, que é erguido à beira-mar da praia de Iracema, em Fortaleza. O projeto deve ser votado até o fim agosto.

A obra vai custar R$ 250 milhões e vai ocupar 21.500m². O Acquario é construído no terreno que abrigava o prédio do antigo Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contra as Secas), terá 15 milhões de litros de água e será o primeiro aquário internacional da América do Sul.
O Acquário será administrado pela iniciativa privada, porém sua execução está sendo financiada por dinheiro público.
Na semana passada, a Assembleia Legislativa do Ceará arquivou proposta de plebiscito semelhante.
Segundo o autor da proposta na Câmara, o vereador João Alfredo Melo (Psol), a ideia é que a população possa definir o que será construído no local, de acordo com as necessidades dos moradores de Fortaleza.
A obra consumiu R$ 50 milhões, com o início da construção da base do Acquario. Melo disse acreditar que parte do que  foi construído poderá ser reaproveitado e local ser transformado em uma praça, com área de esportes e lazer.
No final de semana, manifestantes ocuparam os arredores da obra para pedir o seu embargo. Eles passaram o fim de semana acampados, usando com barracas e toldos. Os manifestantes querem a aprovação do plebiscito.

Eles colaram cartazes nos tapumes que revestem a área que circula a obra questionando se o Acquario é necessário ou não para a população de Fortaleza.
O projeto do Acquario Ceará foi idealizado em 2009 na administração da ex-prefeita Luizianne Lins (PT) e do atual governador do Ceará Cid Gomes (PSB).

Promotoria

No último dia 8, o MPE (Ministério Público Estadual) do Ceará ingressou com uma ação contra o governo do Estrado e a Semace (Superintendência Estadual do Meio Ambiente) pedindo a anulação de liberações ambientais.
Segundo o MP, os documentos de liberação ambiental para construção do aquário, que deveriam ser feitos por servidores públicos concursados, foram assinados por servidores terceirizados da Semace, que deveriam desempenhar apenas atividades-meio e não estarem em funções que se referem às atividades-fim do órgão, como a emissão de pareceres técnicos de licenças ambientais.

Outro lado

Em nota, o governo do Estado ressaltou a importância do Acquario Ceará para o turismo e economia do Ceará e destacou que o novo espaço "vai gerar 150 empregos diretos, 1.600 indiretos e 18 mil empregos da cadeia produtiva."
Segundo o Estado, estima-se que 1,2 milhão de pessoas vão visitar o local por ano, gerando uma rentabilidade de R$ 21,5 milhões anual.
Segundo o governo, o novo equipamento turístico do Ceará terá quatro andares, nos quais estará um tanque de 18 milhões de litros, onde estarão os animais marinhos.
Além disso, terão dois cinemas em terceira dimensão, com movimentação de poltronas; um ponto de navio naufragado, onde será possível realizar mergulho; três simuladores de submarino e um túnel por dentro do aquário.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Obra do Acquario prevista para dezembro

As obras do Acquario Ceará deverão ser iniciadas ainda em dezembro. A informação é do secretário do Turismo do Estado, Bismarck Maia, que retornou de Washington, nos Estados Unidos, após reunião com o Ex-Im Bank para definição de cronogramas e detalhes técnicos relacionados ao financiamento (de US$ 105 milhões) dos equipamentos do empreendimento turístico. De acordo com o titular da pasta, o EIA/Rima (Estudo e Relatório de Impacto Ambiental) já foi entregue à Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), e a expectativa é que as licenças ambientais sejam emitidas até o fim do ano, possibilitando o início da construção do prédio que sediará o aquário.

Garantia de crédito

Em Washington, Bismarck Maia obteve a garantia de que a agência de crédito americana dará prioridade ao financiamento do projeto cearense. Além disso, conforme destacou a instituição, este será o primeiro aporte do Ex-Im Bank em obras públicas no País, o que deve estimular mais estados a recorrem aos empréstimos da entidade.Em novembro, espera-se que o financiamento do banco seja aprovado. A partir disso, será iniciada uma negociação entre a instituição e a Secretaria do Tesouro Nacional. As cláusulas do contrato serão discutidas posteriormente entre a Setur, Procuradoria Geral do Estado e da Fazenda e Secretaria do Tesouro; para então o dinheiro começar a ser liberado à empresa americana que fará o fornecimento de maquinário para o empreendimento local.

Fonte: http://diariodonordeste.globo.com/ma...codigo=1057696

sábado, 28 de maio de 2011

Acquario Ceará: Parceria é formalizada

O governador Cid Gomes formalizou nesta sexta-feira (27), em Grand Junction, no Estado do Colorado, nos Estados Unidos, a parceria com fornecedores para a construção do Acquario Ceará. A empresa ICM Reynolds é a maior do mundo na construção de aquários. Dos 250 maiores aquários do mundo, 215 foram construídos pela empresa. Esse foi o primeiro passo para a instalação do equipamento turístico no Estado.



O documento terá vigência a partir da aprovação da mensagem na Assembleia Legislativa e de órgãos de acompanhamento de empréstimos internacionais, bem como da assinatura do financiamento junto ao Exim Bank, no valor de US$ 105 milhões. Estiveram presentes na formalização da parceria o chefe do Gabinete do Governador, Ivo Gomes; o secretário-chefe da Casa Civil, Arialdo Pinho; o secretário do Turismo do Turismo Bismark Maia; Lana Lennberg e Paul Bargman, representantes do Departamento do Comércio Norte-Americano; Tom Kanyon, prefeito de Grand Junction; Joe Ondrus, Peter DiGrazia e Roger Reynolds diretores da ICM Reynolds e representantes do congresso norte-americano e técnicos da empresa.

Na viagem do Governador aos Estados Unidos estão a visita a um porto seco em Nova York e reuniões junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para o financiamento de novas rodovias para o Ceará, entre elas a ampliação da CE-060. Cid Gomes retorna ao Ceará na próxima terça-feira, dia 31. Durante esse período, assume o Governo do Estado, o vice-governador Domingos Filho.

Fonte: http://www.ceara.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/3424-acquario-ceara-parceria-e-formalizada

domingo, 7 de fevereiro de 2010

"Compreendemos a ansiedade de todos quando lêem notícias sobre o projeto ACQUÁRIO CEARÁ relatando que este será postergado, adiado, desprezado, etc, etc...
Infelizmente não podemos relatar aqui todo o trabalho que está sendo realizado. Apenas podemos afirmar com a mais absoluta certeza que em nenhum momento o projeto parou de ser trabalhado ou teve seu ritmo diminuído.
O projeto ACQUÁRIO CEARÁ é um empreendimento complexo, com inúmeros desdobramentos burocráticos a ser trabalhados. Seria fácil trabalhar “jogando para a torcida”, dando ordens de início de obras e começando tudo sem o completo amparo documental que um empreendimento desta envergadura exige.
Felizmente para todos nós, não é como o Governo do Estado está agindo. Temos certeza que todos ficariam satisfeitos e orgulhosos se pudessem acompanhar o profissionalismo com que ele trabalho está sendo desenvolvido.
Tanto o Governador como o Secretário Bismarck já afirmaram repetida e categoricamente que este projeto será concretizado. E eles têm a segurança de dizê-lo (em público e em particular), pois conhecendo os detalhes do processo, sabem que o Projeto ACQUÁRIO CEARÁ será efetivamente realizado.
Para os que gostam de prazos, sua conclusão está planejada para 18 meses após o início de suas obras, sempre baseado nos cálculos e padrões internacionais.
A nós cabe apenas trabalhar com afinco e esperar para comemorar sua realização junto a todos no Ceará. Compreendemos a ansiedade de todos quando lêem notícias sobre o projeto ACQUÁRIO CEARÁ relatando que este será postergado, adiado, desprezado, etc, etc...
Infelizmente não podemos relatar aqui todo o trabalho que está sendo realizado. Apenas podemos afirmar com a mais absoluta certeza que em nenhum momento o projeto parou de ser trabalhado ou teve seu ritmo diminuído.
Cabe informar que a maquete que está em exposição no Centro Cultural Dragão do Mar demorou cinco meses para ser realizada, com um envolvimento de quatro equipes diferentes de maquetistas, modelistas e escultores e ainda o próprio time da IMAGIC! – que teve um papel decisivo na definição de cada detalhe dela - pois além de ser uma maquete de exibição, ela serviu também como modelo de estudo e definição de formas arquitetônicas. Na verdade, o modelo ali exposto influenciou de verdade o projeto eletrônico final que servirá de base para a fabricação internacional da “pele” externa do ACQUÁRIO CEARÁ.
Devido ao tamanho do trabalho, a variedade de equipes envolvidas e pelo longo prazo de execução saibam que o modelo custou bem mais que 10 mil reais...
Mas existe aí um detalhe importante: O modelo não custou nada ao Governo do Estado. Ele foi pago pela IMAGIC! e por tal razão, pertence à IMAGIC!.
Ele foi emprestado – sem nenhum ônus ao Governo – para que pudesse ser exposto ali.
Finalmente, quanto aos prazos de execução vale comentar que:
Para quem conhece como funciona um escritório de projetos no seu dia-a-dia, compreende com facilidade que quanto mais tempo o trabalho demorar dentro dele, maior o custo este trabalho terá para a empresa. Portanto, como o Projeto ACQUÁRIO CEARÁ está pronto, para nós qualquer demora transforma-se em perdas financeiras.
Contudo, reconhecemos e respeitamos o extremo cuidado com que este projeto está sendo conduzido dentro do Governo do Estado e por tal razão apoiamos os esforços para que não haja nenhum erro de condução ou vício processual no seu decorrer.
A intenção do Governo é fazer com que este projeto seja um modelo, não apenas por seu resultado final, mas por seu comprometimento – do início ao fim – com as premissas de qualidade e orçamento estabelecidas.
Nós acreditamos e estamos completamente alinhados com esta idéia."
Essas são palavras de alguém ligado diretamente com o projeto.

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Pergunta x Respostas

1. Com o aumento do nível do mar ele não pode ser prejudicado não?

o Acquário foi colocado em uma cota bem acima do nível do mar de forma a proteger-se não apenas de ondas diretas como também da umidade ascendente.
Contudo, em um empreendimento como esse - situado diretamente em frente ao oceano - o nível de agressividade do meio ambiente é alto e assim serão tomados todos os cuidados para resguardá-lo convenientemente.

2. Que fonte comprova os futuros 17 milhões de litros do oceanário de Fortaleza?

Em comentário anterior já listamos a capacidade de cada aquário, excetuando o futuro Oceanário Sul, em Esteio-RS.
É importante ressaltar que, na verdade, a quantidade de litros dos tanques-recinto são apenas uma referência do porte do empreendimento, portanto não existe uma concorrência real para fazer "o maior aquário".
Torcemos para que todos os empreendimentos que estão sendo gestados no país consigam ser realizados e assim consolidar uma base sólida de aprendizagem e conhecimento acerca dos oceanos, da vida marinha e acima de tudo dos valores de preservação ocêanica e sustentabilidade do planeta.

3. Como será dividido as atrações nos 4 andares e quando saberemos mais detalhes do projeto geral por dentro?

O Acquário Ceará vai possuir 21.000 m² de edificação. Para realizar o desenvolvimento deste trabalho - até este momento - estão envolvidas 41 equipes (nacionais e internacionais) para suas diversas especificidades.
Dentre estes itens específicos estão incluídas as atrações de Entretenimento e a Mostra Biológica-Marinha. Como é a norma internacional em projetos deste porte - estamos tendo todo o cuidado de divulgar as informações a medida em que estão sendo projetual e tecnicamente confirmadas. Por esta razão é que os equipamentos de entretenimento divulgados dentro das informações oficiais, cabem perfeitamente dentro do espaço a eles destinado.
Seguindo este mesmo critério, a relação de atrações por pavimento será divulgada assim que estiver plenamente confirmada, pois estas ainda podem receber alterações no decorrer do desenvolvimento, inclusive ser realocadas de pavimento, o que é absolutamente normal neste tipo de desenvolvimento.
Podemos adiantar que haverá Submarinos-simuladores para uma jornada ao fundo do oceano, Cinema 4D, Cinema 3D, tanques de toque, uma Estação Submarina (que ficará dentro do Tanque Master), Escola de Mergulho, Mostras interativas e um Túnel de acrílico (que ficará dentro do Tanque Master) que ficará a aproximadamente 8 metros do fundo do aquário permitindo uma visão 360° do entorno.

4. Pois é... O que me chamo atenção foi esse Cinema 4D antes seria 3D agora já é 4D, acho que no Brasil não existe cinema 4D, se existir são poucos.

Vc sabe que são 2 cinemas 4D, não é?
Ambos com filmes "proprietários", ou seja, que não são de catálogo e sim feitos especialmente para o Acquário Ceará.
Já definimos os roteiros e os storyboards destes filmes e aí sim, meu amigo, tenho certeza que vc vai gostar ainda mais...

5. Esses filmes proprietários serão sempre os mesmo ou poderão (tem que ser) renovado?

Os filmes proprietários (que podem e serão mudados através dos tempos) possuem um período de exibição que é calculado através de uma fórmula que inclui diversas variáveis como capacidade de repagamento, nível de visitação, índice de atratividade e outras mais. Em média, este filmes são exibidos durante 3 anos e uma atração tematizada.

6. O que é esse cinema "4-D"?? Teremos que revolucionar as leis da física?

Bem, para que fique claro que não é nenhuma "invenção marketeira" ou uma nova lei da física, os chamados "CINEMAS 4D" tem esse nome porque adicionam a um filme 3D, um leque de sensações que utilizam os outros sentidos, como aromas, vento, gotículas dágua, poke seats, calor, vibração e por aí vai...
É uma linguagem do setor de entretenimento com a qual a maioria das pessoas, claramente não tem a menor obrigação de estar familiarizada, por isso a explicação.
Esperamos ter esclarecido a contento.

7. Ouvi um comentário de que houve um erro grande de projeto no dimensionamento do setor de máquinas responsáveis pelo sistema de filtragem dos aquários e que por isso houve atraso também. Mas vai saber se é verdade...

O projeto Acquário Ceará é um empreendimento extensamente estudado e planejado. Dentro de seu planejamento geral, as etapas definidas se sucedem em uma sequência necessária de forma que os serviços realizados vão fornecendo a infra-estrutura ao desenvolvimento das demais etapas.
Nesta ordem planejada, a Primeira Fase de serviços (objeto da primeira licitação) é essencial à continuidade de todo o mais. Como esta fase atrasou devido às contestações no processo licitatório - o que é válido e normal em licitações públicas deste porte e complexidade - o cronograma geral teve que ser postergado para acomodar este fato.
Contudo, assim que este processo for deflagrado - o que esperamos que ocorra em janeiro - todo o resto se cumprirá em 18 meses.
Quanto ao sistema de filtragem, tranquilize-se. Está completamente planejado, sem nenhum erro e pronto já há 5 meses aguardando apenas que a primeira fase se inicie. No seu projeto, participaram as equipes líderes mundiais neste tipo de empreendimento e que tem em seu currículo de obras mais de 180 aquários (dos 250 que existem no mundo) ao redor do planeta. Portanto não falta nem experiência nem uma determinação absoluta de fazer tudo corretamente.

8. Vai ser feita alguma melhoria na Ponte Metálica (não confundir Ponte Metálica,que é realmente metálica e tá abandonada,com Ponte dos Ingleses,a de madeira)?

Planejado é que a Prefeitura Municipal de Fortaleza faça uma intervenção no local, inclusive já existe um projeto para esta finalidade.
Entre as particularidades do projeto está incluído um Museu de Esculturas aberto.

9. Quer dizer que em 2011 ele ficará pronto né? Mas eles começarão agora em janeiro esse projeto?

Para que o Acquário Ceará fique pronto em 2011, é necessário que as obras se iniciem no início de 2010.
Como o processo já foi deflagrado desde Abril de 2009, a expectativa é que realmente isso se concretize em Janeiro de 2010.
Estamos na torcida!

10. Em relação ao estacionamento. No processo de licitação no site do Governo eu vi todo o desenho do Estacionamento em um terreno ao lado do futuro Acquario, mas na Maquete exposta mostra apenas algumas poucas vagas. Existira ou não o estacionamento?

Naquela area tem Mucuripe Club, tem Dragão do Mar, Orbita, aqueles barzinhos, boates etc. Hoje o transito ja eh caotico imagina com o Acquario? O Governo tem algum projeto para mudar o transito naquela area?
Muito bem observado.
Realmente no projeto original havia um imenso estacionamento. Ele teve que ser retirado no processo de compatibilização com os projetos da Prefeitura Municipal de Fortaleza, pois ela deseja construir naquele local uma praça e um centro comunitário. Pelas mesmas razões, a praça original que havíamos planejado foi completamente modificada, prevalecendo o projeto da Prefeitura – que é o que está mostrado na maquete exposta no Dragão do Mar. As vagas que você menciona fazem parte deste projeto.
Contudo, como sabemos que é impossível trabalhar um empreendimento do porte do Acquário Ceará sem a imprescindível reserva de estacionamento, estamos analisando outras locações na região que possuam capacidade de abrigar o estacionamento planejado.
Quanto ao trânsito de automóveis, foi elaborado um estudo pelo órgão de trânsito do estado para que – com ao advento do projeto Acquário – possa se resolver problemas antigos que aquela área apresenta.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Acquário Ceará - Maquete

Clique nas imagens para amplia-las










segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Maquete do Acquario Ceará



Que ficará em exposição para visitação pública a partir desta sexta-feira (06), às 9h30min.

A maquete do maior oceanário da América Latina - o Acquário Ceará – ficará em exposição para visitação pública a partir desta sexta-feira (06) , às 9h30min, no Centro Cultural do Mar. A Secretaria do Turismo do Estado montou espaço onde , além da maquete de 6m x3m , expõe um painel informativo sobre o equipamento e exibe vídeo para que a população conheça melhor o projeto.

O Acquario é um projeto ousado e fascinante, baseado em tecnologia de “Edutenimento” (educação + entretenimento), que atende às tendências internacionais ao oferecer Interatividade, Diversão e Consciência Ambiental. O preço estimado da obra é de R$ 250 milhões.
Licitação para supervisão das obras
A sessão inaugural da licitação para supervisão da obra do Acquário ocorreu nesta quinta-feira,5, onde participam as empresas Concremat Engenharia e Tecnologia SA e o consórcio Ductor/Maia Melo/ Arclima. O próximo passo é a análise , por parte do corpo técnico da Setur, para definir a empresa habilitada. O preço estimado pelo Estado para o serviço é de R$ 5.184.406,66.
Segundo informações da Comissão de Licitação, da Procuradoria Geral do Estado,na próxima sessão pública será divulgado o resultado da fase da habilitação e aberto prazo recursal. Somente com encerramento desta fase é que se passa para as fases seguintes.
Em relação à execução das obras, a Comissão informa que o certame está na fase final de análise de recursos. O preço dessa obra é de R$16.900.524,00.





Dados técnicos do projeto
Praça das Águas
Área construída geral = 4.252.43m²
Equipamentos na praça:
01 fonte temática principal
01 escultura representando o globo terrestre (com movimentação aquática)
01 Escultura Símbolo do Acquário Ceará
01 posto de informações turísticas
01 quiosque de alimentação

Edificação
Área construída geral = 21.500,00m²
São 04 pavimentos, sendo 01 subsolo, 01 térreo e 02 andares.

Dimensão da edificação do empreendimento (sem a estrutura de revestimento externo da coberta e seus pilares) = 212 m x 25 m

Volume de água do Acquário Ceará (incluindo todos os aquários) = 15 milhões de litros

Existem 21 aquários na edificação, sendo: 01 aquário master, 01 aquário de Tubarão, 01 aquário de Pingüins, 02 tanques de toques em espécies e 16 aquários menores, distribuídos nas salas de exposição.

http://www.setur.ce.gov.br/noticias/dragao

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Licitação

Foi realizada nesta sexta-feira (26), na Central de Licitações do Estado, a concorrência pública para a construção da estrutura de concreto do Aquário do Ceará. O projeto está estimado em R$ 18,8 milhões e os serviços deverão ser concluídos dentro de 120 dias, segundo Edital, que também especifica que as obras deverão ser de concreto armado e protendido da edificação principal, bem como a Praça das Águas, com pavimentação, quiosque e posto policial. Nesta fase, não serão executadas as fontes de água. Os serviços serão acompanhados por técnicos do Departamento de Edificações e Rodovias (DER).

A habilitação das empresas que participarem da concorrência terão que atender os requisitos observados no edital como habilitação jurídica, regularidade fiscal e qualificação técnica, econômica, financeira e trabalhista. Por consequência, qualquer empresa que deixar de apresentar qualquer um desses itens será inabilitada. Os envelopes com as propostas comerciais permanecerão sob a responsabilidade da comissão de licitações. A abertura e a divulgação das propostas comerciais só se dará após a análise técnica.

O Acquario será construído na Praia de Iracema, em prédio onde era instalado o Dnocs. O equipamento será o maior e mais moderno da América Latina, com 18 milhões de litros de água, será um equipamento científico-educacional de apoio ao meio-ambiente que se tornará um importante atrativo de visitação fortalecendo também o turismo no Ceará. Além da localização e do espaço contemplativo, o Aquário Ceará terá em seus quatro pavimentos áreas de lazer, dois cinemas 3D, simuladores de submarino, dentre outras atrações. A previsão é que o Aquário atraia 1,2 milhão de visitantes por ano.

Ao todo, 11 empresas e dois consórcios entregaram suas propostas comerciais destinadas à construção da estrutura de concreto da edificação principal do Acquário Ceará, e Praça das Águas. “Este é o primeiro passo. Temos uma longa caminhada e a certeza de que o Acquário é um equipamento que será um marco para o Ceará” disse o secretário Bismarck Maia.

Após o exame das propostas, o resultado do julgamento da Fase de Habilitação será divulgado em sessão pública, em data a ser definida. Segue a relação das empresas concorrentes:

- CG Construções LTDA
- Concrepoxi Engenharia LTDA
- Consórcio – Semenge/ DP Barros (Semenge S.A. Engenharia e Empreendimentos e DP Barros Arquitetura & Construção)
- Consórcio Fujita – Mercurius (Fujita Engenharia LTDA e Mercurius Engenharia LTDA)
- Construtora Celi LTDA
- Construtora CHC LTDA
- Construtora Granito LTDA
- Construtora Marquise LTDA
- Construtora Pottencial LTDA
- Engexata Engenharia LTDA
- Kreimer Engenharia LTDA
- Lotil Construções e Incorporações LTDA
- Trana Construções LTDA

http://www.setur.ce.gov.br/noticias/foi-dado-o-primeiro-passo-para-a-construcao-do

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Apresentação em video

terça-feira, 19 de maio de 2009

Novas imagens

clique na imagem para ampliar











Imagens retiradas do site www.imagicbrasil.com.br

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Bismark Maia CONFIRMA

Petrobras entrará com R$ 160 mi no Acquario

Recursos injetados pela estatal compensarão o Estado pelos incentivos fiscais dados na época da extinta usina Ceara Steel
O que antes apenas era cogitado, agora foi confirmado pelo secretário de Turismo do Estado, Bismarck Maia. Dos R$ 250 milhões — valor no qual está orçado a construção do Acquario Ceará — R$ 160 milhões serão bancados pela Petrobras, como forma de compensar o Estado pelos incentivos fiscais concedidos à empresa na época do projeto da antiga siderúrgica Ceara Steel (no Pecém), que teria a estatal como fornecedora de gás natural.
´Na realidade é um acordo fruto da renúncia do Estado por conta da extinta usina. Será esse recurso que irá alavancar o projeto do Acquario´, afirmou o secretário, ontem a tarde, durante apresentação dos projetos turísticos cearenses aos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE).
Gastos em manutenção
A manutenção do equipamento que divide opiniões deverá requerer algo entre R$ 15 milhões e R$ 20 milhões por ano, segundo também informou Bismarck. Porém, para o valor mais exato, ele ressaltou ainda ser preciso avançar nos projetos executivos da obra, que terá como cenário a Praia de Iracema — área do antigo prédio do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs). Para arcar com o gasto elevado, o Estado também busca parcerias de empresas que queiram agregar valor à sua marca a partir de iniciativas em prol do meio ambiente e da pesquisa científica, diz o secretário.
Licitação em junho
A data para a abertura do processo licitatório das obras da primeira fase do Acquario — que anteriormente seria em 8 de junho —, agora, foi adiada para o dia 26 de junho. Segundo Bismarck, esta primeira fase — orçada em R$ 25 milhões —, terá recursos exclusivos do Tesouro do Estado. A publicação do edital está prevista para a próxima semana. ´Pretendemos começar a erguer a estrutura física, a edificação, em agosto e terminá-la em abril de 2010´, disse o secretário, explicando que, a partir de então, começariam a ser colocados os tanques com os peixes e os restantes das atrações no interior do complexo turístico. Segundo ele, dará tempo de estar tudo pronto ao fim da gestão de Cid Gomes.
Equipamento futurístico
Bismarck comparou o oceanário da Capital cearense a grandiosas obras arquitetônicas instaladas em cidades de outros países, como o luxuoso hotel Burj Al Arab (em Dubai), da Ópera de Sidney e da Torre Eiffel (em Paris). ´Esse equipamento irá inserir Fortaleza na modernidade do mundo´, enfatizou o secretário. ´A previsão é que o Acquario receba 1,2 milhão de visitantes por ano, gerando uma receita de, pelo menos, R$ 21,5 milhões´, projetou ele, informando que serão 150 empregos diretos gerados.

Lívia Barreira
Especial para Economia

Fonte: http://diariodonordeste.globo.com/ma...?codigo=638006

segunda-feira, 11 de maio de 2009

1ª fase orçada em 22,6 mi

O Governo do Estado apresentou a proposta de edital para a licitação da primeira parte do Acquario Ceará, obra com orçamento total de R$ 250 mi

Os detalhes do edital de licitação do tipo menor preço para a construção da estrutura de concreto do Acquario Ceará foram apresentados ontem em audiência pública no Palácio Iracema. A primeira parte da obra do equipamento “eduturístico” está orçada em R$ 22,6 milhões, com recursos garantidos do Tesouro Estadual. O projeto completo deve custar cerca de R$ 250 milhões e ficar pronto no final de 2010, segundo o secretário do Turismo, Bismarck Maia.

“Essa primeira fase da obra, a construção da estrutura de concreto, que vai dar suporte para construção do aquário. O restante está ainda sendo dimensionado”, informou o secretário da Infraestrutura do Estado, Adail Fontenele. Apesar desta primeira fase contar somente com verbas públicas, afirmou que “a iniciativa privada deverá participar na segunda etapa. Haverá dinheiro de compensação ambiental - investimentos que são realizados e que os estudos ambientais obrigam a serem feitos”.

Bismarck Maia confirma a abertura para investimentos particulares. “Estamos dando o primeiro passo e sinalizando ao mercado que estamos abertos a essas discussões. O importante é que o Estado faça o que lhe é de responsabilidade, a indução à pesquisa, sobretudo, a questão marinha”, ressaltou.

A respeito da crítica de que investir R$ 250 milhões em um aquário seria uma má aplicação, Maia respondeu: “O governo está fazendo a sua parte. Constrói estradas, saneamento, equipamentos de saúde, hospitais... Então o Governo do Estado está com responsabilidade em todas as áreas. Agora, o Governo tem que olha pra frente. Cabe ao gestor ter responsabilidade com o futuro do Estado, e o futuro precisa de equipamentos como o Pavilhão de Feiras e equipamentos como esse”.

A respeito da crítica de que investir R$ 250 milhões em um aquário seria uma má aplicação, Maia respondeu: “O governo está fazendo a sua parte. Constrói estradas, saneamento, equipamentos de saúde, hospitais... Então o Governo do Estado está com responsabilidade em todas as áreas. Agora, o Governo tem que olha pra frente. Cabe ao gestor ter responsabilidade com o futuro do Estado, e o futuro precisa de equipamentos como o Pavilhão de Feiras e equipamentos como esse”.

Demolições
O complexo de entretenimento será construído na Praia de Iracema, na antiga sede do Dnocs. Assim como esta, outras duas edificações serão demolidas para dar lugar ao equipamento.

“Tudo isso vai ser demolido. É um prédio que foi cedido pelo Governo do Estado. Já tem a posse. Existem mais duas edificações ao lado. Uma que serve ao TRE e está em negociação com a Prefeitura de Fortaleza. A prefeitura está cedendo ao Governo do Estado. Uma casa residencial já foi adquirida, que também vai ser demolida.”, informou Adail Fontenele.

Fonte: O Povo - Fortaleza via www.portalcompras.ce.gov.br/

quarta-feira, 18 de março de 2009

Quem bancará?

O Governo do Ceará decidiu levar adiante o projeto de construção do Acquario Ceará. Através da Secretaria do Turismo, o Estado realizou no último dia 10 de março uma audiência pública para apresentação e discussão sobre o equipamento. O Acquario será construído na Praia de Iracema, numa área do Dnocs. A intenção é fazer do equipamento uma âncora do turismo cearense. O projeto é muito ambicioso. Do jeito que foi pensado, será o maior oceanário da América Latina, com 18 milhões de litros de água. Além da localização e do espaço contemplativo, o Acquario Ceará terá em seus quatro pavimentos áreas de lazer, dois cinemas em três dimensões, simuladores de submarino, dentre outras atrações. Além do lazer, o equipamento terá conceito educativo. A primeira parte da obra do equipamento “eduturístico” está orçada em R$ 22,6 milhões, com recursos próprios do Tesouro Estadual. O projeto completo deve custar cerca de R$ 250 milhões e ficar pronto no final de 2010. O início do processo licitatório está marcado para 1º de abril. A idéia é que a iniciativa privada entre a partir da segunda etapa do projeto. E se não entrar?

QUEM BANCA O NEGÓCIO DO ACQUARIO?

Parece não haver dúvidas acerca do potencial do equipamento para atrair um novo tipo de visitante para o Ceará. A idéia é fazer com que o oceanário tenha o mesmo peso atrativo que tem, por exemplo, o Beach Park, um empreendimento turístico de lazer numa praia vizinha a Fortaleza que é um dos grandes responsáveis pela demanda turística do Ceará. O “Beach” é um empreendimento privado. Algumas perguntas: e se a iniciativa privada não se interessar pelo “negócio” Acquario? Se assim ocorrer, o Governo vai bancar os R$ 250 milhões na obra toda? E digamos que banque, o equipamento tem sustentabilidade financeira só com a cobrança de ingressos? Há outras alternativas de custeio? E a gestão sendo pública, como será a manutenção do equipamento? Com funcionários públicos? Pelo que o Governo disse, a idéia é atrair a iniciativa privada para o negócio. Portanto, uma hipótese. Uma aposta. Daí as perguntas. Caso não haja empresários interessados em tocar e administrar o projeto, é preciso que o Estado tenha as respostas na ponta da língua. A idéia é ousada. Porém, a ousadia precisa estar muito bem acompanhada de todas as respostas, principalmente acerca da manutenção do empreendimento.

Fonte: http://www.opovo.com.br/opovo/colunas/politica/863239.html
Foto: guto cangi

quinta-feira, 12 de março de 2009

Projeto já gera controvérsias

Projeto que contará com investimento de R$ 250 milhões levanta discussões entre especialistas
Destinar R$ 250 milhões para a construção do maior aquário internacional da América Latina em Fortaleza já levanta discussões. Há quem defenda a aplicabilidade de recursos desta natureza em obras que beneficiem uma fatia maior da sociedade, como dar celeridade ao Metrofor, por exemplo.
´É um volume de investimento bastante concentrado. A primeira vista não tem sustentabilidade. Esse equipamento seria descartado do ponto de vista das prioridades´, observou o arquiteto Marcos Lima, ex-presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) e atual membro do Conselho Superior da entidade.
´A manutenção de um aquário também é extremamente onerosa. E a visita como seria? O governo irá subsidiá-la? A Praia de Iracema tem que ser pensada como um equipamento urbano, e não apenas turístico. Não se pode pensar a cidade por intervenções pontuais. É só olhar para o investimento que foi feito no Dragão do Mar que não gerou nenhuma melhoria social em seu entorno´, completou Marcos Lima.
Embora o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF) argumentem pensar em soluções para a acessibilidade ao local (antigo prédio do Dnocs, na Praia de Iracema), o engenheiro Antônio Salvador da Rocha, atual presidente do Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia do Estado do Ceará (Crea/CE) diz ainda ter dúvidas sobre o assunto.
´Vai impactar o trânsito. A apresentação [de ontem no Palácio Iracema] do Governo foi superficial, não dá para visualizar os detalhes sobre a acessibilidade´, ressalta Salvador.
Para ele é preciso haver políticas públicas articuladas entre as duas esferas governamentais. O prazo para conclusão das obras do empreendimento (o fim de 2010) também é visto pelo engenheiro como ´difícil de ser cumprido´.
Perspectiva estratégica
O anfitrião da apresentação de ontem do projeto técnico do Oceanário, o secretário de Turismo Bismarck Maia, apresentou ao trade turístico, engenheiros, acadêmicos, pesquisadores do Labomar, dentre outros, os moldes da licitação da estrutura física do projeto. O edital será publicado no próximo dia primeiro de abril e a abertura das propostas dos interessados ocorre no dia 5 de maio. ´A licitação é do tipo menor preço, em regime de empreitada para a construção da estrutura de concreto da edificação principal do Acquário Ceará, Centro Orgânico e Praça das Águas´, explicou Bismarck.
O secretário comparou o empreendimento aos maiores do mundo, como o Georgia Aquarium (em Atlanta). Inaugurado em 2005, contou com investimentos de US$ 290 milhões de dólares, possui em seu recinto de exposição 30 milhões de litros de água e recebe 2 milhões de visitas por ano. ´O Acquário Ceará é um equipamento com previsão de 1,2 milhão de visitantes por ano, que irá gerar 18 mil empregos dentro da cadeia produtiva. Será um equipamento de ´edutenimento´, ou seja, unirá educação e entretenimento´, disse Bismarck, não descartando inclusive a construção de um edifício garagem para comportar o maior número de veículos na região.
O secretário de Turismo de Fortaleza, Henrique Sérgio Abreu colocou que há um projeto de realocação no próprio local dos que residem na comunidade do Poço da Draga. ´Moradias serão construídas na área de três armazéns. Outra parte será no Centro´, frisou.
Presente à platéia também estava o procurador jurídico do Departamento de Estradas de Rodagem do Ceará (DER), Felipe Costa. O advogado deu como prazo o fim desta semana para a resposta da análise técnica do órgão sobre os recursos interpostos pelos licitantes ao Consórcio Pavmulti, vencedor da licitação para erguer o Pavilhão de Feiras e Eventos.
Fonte: http://diariodonordeste.globo.com/ma...?codigo=621455

quarta-feira, 11 de março de 2009

Antigo Dnocs (Prédio)

Photobucket
Foto do antigo prédio dnocs (será demolido) onde será construído o Aquário Ceará.

Foto: www.opovo.com.br

terça-feira, 10 de março de 2009

Edital sairá dia 1º de abril

A abertura das propostas será no dia 5 de maio e a ordem de serviço deverá ser em agosto.

O Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria do Turismo, realizou na tarde desta terça-feira (10) audiência pública para discutir a construção do Acquario Ceará. Durante a reunião o secretário do Turismo, Bismarck Maia, apresentou o projeto e a repercussão da obra no incremento do turismo no Estado. Em seguida, o secretário da Infraestrutura, Adail Fontenele, mostrou os pontos mais importantes do edital para a construção da estrutura de concreto da edificação principal do Acquario Ceará – Centro Oceânico e Praça das Águas. Essa etapa da obra está estimada em R$ 22.628.148,72 (recursos do Tesouro do Estado e recursos de compensação ambiental). Segundo ele, o edital sairá no dia 1º de abril e a abertura de propostas será no dia 5 de maio. A previsão é que a ordem de serviço seja assinada em agosto e a empresa vencedora terá o prazo de conclusão de 180 dias.
O primeiro aquário internacional da América será construído na Praia de Iracema, no prédio onde era instalado o Dnocs. A previsão é que equipamento receba 1,2 milhão de visitantes por ano, gerando uma rentabilidade de R$ 21,5 milhões/ano. No total, serão 15 milhões de litros de água, com 21.500 metros quadrados de área, gerando 150 empregos diretos, 1.600 indiretos e 18 mil empregos da cadeia produtiva. Vários representantes da sociedade civil que compareceram à audiência pública elogiaram a iniciativa do Governo de construir o Acquario.
Segundo Bismarck Maia, o diferencial do aquário de Fortaleza é que ele será um equipamento científico-educacional de apoio ao meio-ambiente que se tornará um importante atrativo de visitação fortalecendo também o turismo no Ceará. Além da localização e do espaço contemplativo, o Acquario Ceará terá em seus quatro pavimentos áreas de lazer, dois cinemas 4D, simuladores de submarino, dentre outras atrações. “Ele terá uma grande interação, o que não existe nos maiores aquários do mundo”, acrescentou o secretário.
A audiência pública contou com ainda com as presenças do secretário das Cidades, Joaquim Cartaxo; do procurador geral do Estado, Fernando Oliveira; e do secretário do Turismo de Fortaleza, Henrique Sérgio Abreu.

segunda-feira, 9 de março de 2009

Audiência pública

O equipamento será construído na Praia de Iracema, na capital cearense, em prédio onde era instalado o DNOCS.
O Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria do Turismo, realizará, no próximo dia 10 de março, audiência pública para apresentação e discussão sobre a obra de construção do Acquário Ceará. O edital de convocação foi publicado no último dia 18 de fevereiro, no Diário Oficial do Estado e Diário Oficial da União.
O equipamento será construído na Praia de Iracema, na capital cearense, em prédio onde era instalado o DNOCS. Para o Secretário Bismarck Maia, esta estrutura será uma âncora para o turismo do Estado. “Nós queremos que ela esteja pronta até o dia 31 de julho do ano que vem”.
Segundo Bismarck Maia, o diferencial do aquário de Fortaleza (o maior da América Latina, com 18 milhões de litros), é que ele é um equipamento científico-educacional de apoio ao meio-ambiente que se tornará um importante atrativo de visitação fortalecendo também o turismo no Ceará.
Além da localização e do espaço contemplativo, o Acquário Ceará terá em seus quatro pavimentos áreas de lazer, dois cinemas 3D, simuladores de submarino, dentre outras atrações. “Ele terá uma grande interação, o que não existe nos maiores aquários do mundo”, acrescenta o Secretário.

Serviço

Data: 10/03/2009
Local: Auditório do Palácio Iracema- Av. Dr. José Martins Rodrigues,150-Edson Queiroz- Fortaleza-Ceará
Hora:16h
Fonte: www.ceara.gov.br

sexta-feira, 6 de março de 2009

Em sintonia

Prefeitura e Governo em sintonia nos projetos para a Praia de Iracema

Decisões incluem a restauração do Pavilhão Atlântico e construção de Aquário do Governo.

Com projetos distintos para áreas em comum no entorno do Aquário Marinho da Praia de Iracema, no antigo prédio do DNOCS (projeto do Governo do Estado do Ceará), a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Estado fizeram ajustes em seus projetos, compatibilizando suas propostas.

Os ajustes foram validados durante a reunião entre a prefeita Luizianne Lins e o governador Cid Gomes, na última quarta-feira (4 de março), quando se decidiu que o projeto previsto pela Prefeitura para reforma do Boulevard Almirante Tamandaré para construção de novo Parque (Av. Almirante Tamandaré, 22) e para restauração do Pavilhão Atlântico não sofrerão qualquer alteração, tendo sido necessário realizar alguns pequenos ajustes no projeto de reforma da via e passeios da Rua dos Tabajaras e no projeto do Calçadão (junto à faixa de praia) no trecho em frente ao futuro Aquário, harmonizando, assim, os vários projetos desenvolvidos pelas duas esferas.

Para a construção da Praça das Águas, na esquina da Rua dos Tabajaras e Rua dos Cariris, em frente à Escola São Rafael, junto ao acesso principal do futuro Aquário (proposta inclusa no projeto do Aquário do Governo do Estado), a Prefeitura acordou em negociar com o Governo do Estado uma edificação que adquiriu recentemente (antiga sede do TRE, na Rua dos Tabajaras) na mesma área.

Tendo em vista que a Prefeitura já havia desenvolvido o projeto de um Parque, Centro de Artesanato e Economia Solidária para o terreno da Almirante Tamandaré, o Governo do Estado optou por transferir o estacionamento, antes previsto para a mesma área, para espaço hoje ocupado pelos Correios, na quadra ao sul do futuro Aquário, com capacidade para mais de 500 veículos. A transferência irá auxiliar no atendimento à demanda por estacionamentos, provocando a redução da passagem de veículos nas ruas internas do núcleo histórico do bairro, melhorando as condições de tráfego de pedestres e reduzindo o ruído causado pelo tráfego intenso de veículos na região.

fonte: http://www.fortaleza.ce.gov.br

domingo, 1 de março de 2009

Imagens do projeto

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Comunidade no orkut

Criado em 1 de dezembro de 2008 a comunidade Oficial do Aquário Ceará no Orkut. Hoje com 65 membros "discutindo" os beneficios que esse grande empreendimento trará a Fortaleza. Faça parte você também.

Link da comunidade: http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=77946577

Inauguração - Julho de 2010

Bismarck Maia confirma diversas novidades para Ceará (...)
O secretário anunciou ainda que o Ceará vai construir um dos maiores aquários do mundo, maior do que o de Lisboa. Segundo ele nos próximos dias sairá o processo de licitação. A inauguração, inclusive, já tem data marcada: 31 de julho de 2010.(...)

Fonte: http://www.mercadoeeventos.com.br/

O maior da América Latina

O Aquário do Ceará será o maior da América Latina. O maior do país atualmente é o de São Paulo com 1,3 milhão de litros (o segundo é o de Guarujá com 800 mil litros) e o maior da América Latina é o de Veracruz, no México, com 5 milhões de litros.O propalado AquaRio terá - quando inaugurado - 5,4 milhões de litros.

O Aquário do Ceará terá 17 milhões de litros. E assim, será também o maior do hemisfério sul do planeta.

Aquário Ceará - Oceanário

O Aquário será construído bem próximo ao mar e estimulará a revitalização de um dos principais cartões postais de Fortaleza, a Praia de Iracema.O projeto prevê áreas de estacionamentos e praças agregadas ao equipamento que formará um conjunto de lazer e cultura com o Dragão do Mar, a antiga alfândega (CEF) e a Praia de Iracema. O novo equipamento turístico do Ceará ocupará 297 metros e terá quatro andares, nos quais estará um tanque de 18 milhões de litros, onde estarão os animais marinhos. Além disso, terão dois cinemas em terceira dimensão, com movimentação de poltronas; um ponto de navio naufragado, onde será possível realizar mergulho; três simuladores de submarino e um túnel por dentro do aquário.

A capacidade de visitação ainda está sendo estudada.

Previsão para inauguração: julho/2010
Site Meter